Boas-vindas

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Definição de avó


          Pois é. Eu sou avó. E, claro, não tenho filhos. Ao menos essa é a teoria dos meus amorecos. João e Davi. Não tenho nada melhor para fazer, a não ser bolinhos. Faço com perfeição arroz, feijão, batata frita e omelete de queijo (uma iguaria) e "mama" de sustagem de morango, com maestria. A parte de ser gorda, dispenso. Meus cabelos são curtos e lisos, sempre fáceis de descabelar. Canto muito, ou melhor, cantamos. Nosso repertório é bem eclético. Assistimos o mesmo dvd milhões de vezes seguidas até dormir. Essa sou eu, a Vovó Grace.
          Recebi esse texto abaixo, por e-mail. Perfeita definição.

DEFINIÇÃO DE AVÓ.

Redação de uma menina de 8 anos, publicada no Jornal do Cartaxo, em Florianópolis.

Uma avó é uma mulher que não tem filhos, por isso gosta dos filhos dos outros.
As avós não têm nada para fazer, a não ser estarem ali.
Quando nos levam a passear, andam devagar e não pisam nas flores bonitas e nem nas lagartas.
Nunca dizem: Some daqui!, Vai dormir!, Agora não!, Vai pro quarto pensar!
Normalmente são gordas, mas mesmo assim conseguem abotoar os nossos sapatos.
Sabem sempre que a gente quer mais uma fatia de bolo ou então, uma fatia maior.
Só elas sabem como ninguém a comida que a gente quer comer.
As avós usam óculos e, às vezes, até conseguem tirar os dentes.
As Avós não precisam ir ao cabeleireiro, pois estão sempre com os cabelos arrumadinhos e cheirosas... não precisam de chapinha.
Quando nos contam histórias nunca pulam partes e não se importam de contar a mesma história várias vezes.
As Avós são as únicas pessoas grandes que sempre têm tempo para nós.
Não são tão fracas como dizem, apesar de morrerem mais vezes do que nós.
Todas as pessoas devem fazer o possível para ter uma Avó, ainda mais se não tiverem televisão.

Obrigada
Share |

Nenhum comentário:

Web Statistics