Boas-vindas

sábado, 12 de março de 2011

Dieta coletiva 9 e 10- super atrasada- Mas valeu!



        Caros leitores e leitoras
        Comunico a quem possa interessar minha profunda alegria: a dieta (até então feita nas coxas) começa a surtir efeitos. Sim, senhores.
        Estava eu, desolada, tentando resolver com que roupa eu vou ao samba que você me convidou...fui ali, ao shopping, dar um jeitinho. Ah! Preto, emagrece! Folgado, para esconder as gordurinhas! Calça e túnica? Calça, eu tenho. Então, blusa. Comprida e seca, sem detalhes! Então, tá, então.
        Passeio pelas araras e vislumbro muita coisa e, inclusive, um manequim usando um vestido vermelho. Lindo. Pega, vai. Peguei. Só para ficar com raiva. Ando mais um pouquinho e vejo outro, preto. Será? Ah!
Puxa! Há quanto tempo não uso vestidos? Sei lá.. Peguei. Oh! Outro, preto com babados debruados de branco...a caminho do provador penso na decepção quando sair e deixar tudo para trás, fingindo que as cores não me favoreceram (preto ou vermelho em cima de uma base branca de neve- EU!).
        Comecei pelo vermelho, porque seria muito sofrível insistir num erro. Entrou fácil...bom caimento...perfeito! Como assim? Ai, meu Deus! Separa.
        O segundo, preto, com babados no decote não favorecem uma silhueta avantajada, mas vestiu muito bem e ficou ótimo! Quem disse que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar?
        O terceiro, preto também, mas com debruns nos babados (estou abusando da sorte). Terceiro raio.
        Nunca houve, na história dessa gorducha que vos fala, precedente como este. Quantas vezes no provador não consegui, sequer, enfiar a bendita roupa, mesmo com número maior?
        Detalhe: o meu número que até então era 48, caiu para 46. Espantoso (?). Será que a loja andou errando na colocação das etiquetas? Mistério...
        Enfim. Como só poderia comprar um, decidi pelo de babado no decote. E teve de ser preto. Números maiores, aparentemente, não merecem a delicadeza de usar outras cores. Deve ser para passar despercebido, no meio da multidão e não ofuscar as Giseles Bundchens da vida.
        Este foi meu post da dieta coletiva. Vale por dois, pois a alegria foi dobrada.
       
Obrigada
Share |

3 comentários:

indirarj disse...

nossa! q legal! aqui percebo q perdi pouco,mas qq prazer me diverte!kk fico feliz por vc,sei muito bem como é sair quase chorando de raiva ate de si propria de 1 provador.antes td q vestia ficava bem,agora ,procuro o q disfarça qq coisa;um braço,uma barriga,uma perna... tds sobrando algo!parabens c/td a movimentaçao q anda sua vida VC conseguiu!mil bjks e continue assim,firme e forte.

Cℓαυ∂iα Hєℓαiทє disse...

Que maravilha Grace, cheguei a conclusão que mesmo fazendo uma dieta nas coxas..kkkk, a gente consegue perder peso. Estou firme na minha dieta e mesmo não sendo rigorosa, tenho obtido eliminação.
Quando eu chegar próximo do meu objetivo irei atrás de uns vestido...kkkk
Beijos. http://claudiahelaine.blogspot.com

Anônimo disse...

Acabei de ser pressionada a fazer um comentário sobre o peso que ela perdeu. Impossível não perder, quando se deixa a casa passando fome, como agora. Sem mais.
Bianca

Web Statistics